Notícias

O Museu do Folclore de São José dos Campos, por meio do Centro de Estudos da Cultura Popular (CECP), continua buscando o apoio da iniciativa privada para concretizar a primeira fase do restauro de suas edificações (área expositiva, setor administrativo, biblioteca e brinquedoteca), que prevê a elaboração de um projeto arquitetônico. O Museu do Folclore está localizado no Parque da Cidade, na região norte.

 

O apoio, neste caso, pode ser viabilizado por meio da Lei Federal de Incentivo Cultural (Lei Rouanet), que permite a destinação de parte do imposto de renda devido, tanto para pessoas físicas (até 6%) como jurídicas (até 4% para empresas com lucro real). O benefício da lei foi concedido ao CECP, após proposta aprovada junto à Secretaria Especial da Cultura (Ministério do Turismo). Confira mais detalhes aqui.

 

As cotas de destinação do IR variam de R$ 50 mil a R$ 200 mil para pessoas jurídicas e de R$ 50 a R$ 1 mil para pessoas físicas. Neste caso, para cada cota de contribuição está prevista uma contrapartida ao colaborador, que será viabilizada pelo CECP e Museu do Folclore.

 

O CECP é uma organização social sem fins lucrativos, responsável pela gestão do Museu do Folclore desde 1999. Segundo a organização, a proposta também contempla a realização de uma palestra para educadores da rede pública e privada de ensino, sobre a abordagem do tema folclore em sala de aula.

 

Campanha

 

A proposta de restauro foi apresentada na última segunda-feira (23) em live realizada pelo Museu do Folclore, como parte da campanha ‘É Tempo de Renovar! É Tempo de Restaurar!’. No encontro, representantes do CECP, Museu do Folclore, Fundação Cassiano Ricardo e NTZ Agência de Comunicação e Marketing falaram sobre a importância do processo e responderam perguntas dos internautas. Confira aqui como foi.

 

Durante a live também foram destacadas outras ações que acontecerão nos próximos meses: lançamento do 26º volume da Coleção Cadernos de Folclore, comemoração dos 23 anos do museu, reinauguração da Biblioteca Maria Amália Côrrea Giffoni e modernização das suas instalações e acervo, lançamento de e-book do Setor Educativo e implantação de processo de acessibilidade na área da exposição.

 

Museu do Folclore de SJC

Av. Olivo Gomes, 100 – Santana (Parque da Cidade)

(12) 3924-7318 / www.museudofolclore.org

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *