Sem categoria

Adão Silvério fará figuras de argila

Um dos projetos desenvolvidos pelo Museu do Folclore de São José dos Campos, ao longo do ano, é o ‘Museu Vivo’, realizado nas tardes de domingo, entre 14h e 17h, no Parque da Cidade. Neste fim de semana, dia 8, três novos representantes da cultura popular local terão possibilidade de mostrar seus saberes ao público, nas áreas do artesanato, da culinária e da música. O encontro acontece no lado externo do museu.

Um dos convidados é o cantor de primeira e segunda voz de música sertaneja raiz, Ibrahim Ribeiro (foto maior), nascido em Cristina (MG) e morador em São José dos Campos há mais de 40 anos. Ibrahim estará acompanhado dos amigos Jorge Violeiro e José Arildo. Ibrahim canta desde criança, quando ouvia música sertaneja pelo rádio. Hoje, além do sertanejo, também gosta de cantar outros ritmos, como guarânias e canção rancheira.

Na área do artesanato, o convidado é o Mestre Adão Silveiro, pintor ‘Naif’ (arte primitiva) reconhecido publicamente na cidade. Adão mostrará aos presentes os saberes que também tem na arte de fazer figuras em argila. A expectativa é que as pessoas, principalmente crianças, passem da observação à prática e, literalmente, coloquem a ‘mão na massa’ para ver como é que se faz.

 

A culinária ficará por conta de Ana Rosa dos Santos, que mostrará seus saberes fazendo arroz doce, iguaria que, depois de pronta, poderá ser degustada pelas pessoas presentes. Ana Rosa é natural de Sapucaí Mirim e viveu sua infância na roça, onde, além de ajudar o pai e criar seus próprios brinquedos com chuchus e sabugos de milhos, aprendeu a fazer doces com a mãe.

O Projeto Museu Vivo é conduzido pelo Museu do Folclore e Fundação Cultural Cassiano Ricardo, sob gestão do Centro de Estudos da Cultura Popular.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *