Sem categoria

Eles são de vários tamanhos, cores e formatos, mas todos trazem em cada peça muito mais que argila e tinta. Guardam em si a cultura popular, a história e o perfil dos seus autores. Poder vê-los e apreciá-los, em todos os seus detalhes, é uma grande oportunidade, tanto para quem já conhece, como para quem nunca viu a arte de figureiras e figureiros do Vale do Paraíba.

Oportunidade que o Museu do Folclore de São José dos Campos colocou à disposição do público com a abertura da exposição temporária inédita ‘Presépios do Vale’, reunindo 26 peças da sua reserva técnica. São presépios criados por 14 figureiras e figureiros da região, entre os anos de 1980 a 2016. A maioria das peças está exposta na Sala Brasil e algumas na Sala São José dos Campos, da exposição permanente do Museu do Folclore. A mostra pode ser visitada até o dia 4 de fevereiro, de terça a sexta e feriados, das 9h às 14h, e aos sábados e domingos, das 14h às 17h.

As obras que estão expostas são de autoria de Lazara Camargo Santana, Eugênia da Silva, Maria Benedita dos Santos (Dona Lili), Maria da Graça e Silva, Maria Benedita Vieira (Mudinha), Luiz Paulo Ragazini e Reinaldo de Oliveira Paula (de São José dos Campos); Benedito Gomes (Seu Dito), Maria Luiza Santos Vieira, Josiane Sampaio (Josie), Maria Cândida Santos, Vagner Campos, Edith Alves dos Santos e Ismênia Aparecida dos Santos (de Taubaté); e Mariana e N.A.F. (de Pindamonhangaba). A mostra também acontece em homenagem a Luiz Paulo Ragazini e Mudinha, falecidos este ano.

‘Museu Vivo’ especial

A abertura da exposição, no dia 26 de novembro, também fez parte de uma edição especial do Projeto Museu Vivo, que contou com as presenças de representantes da cultura popular local mostrando seus saberes no artesanato, na culinária e na música: Fátima Aparecida dos Santos (artesanato – figuras para presépio), Maria José Oliveira (culinária – rabanada) e os violeiros do Trio Terra Bruta (música sertaneja).

O Museu do Folclore é um espaço da Fundação Cultural Cassiano Ricardo e funciona sob gestão do Centro de Estudos da Cultura Popular (CECP), organização da sociedade civil sem fins lucrativos, declarada de utilidade pública pela Prefeitura de São José dos Campos.

Museu do Folclore de SJC
Av. Olivo Gomes, 100 – Parque da Cidade – Santana
(12) 3924-7318

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *