Sem categoria

O Museu do Folclore de São José dos Campos abre no próximo dia 3 de dezembro, às 14h, seu tradicional presépio, que marcará o início do Ciclo de Natal. Este ano o presépio foi montado pelo casal Vicente Corrá (natural de Monteiro Lobato) e Ivone de Paula (joseense), com ajuda da sobrinha e da irmã de Ivone, respectivamente, Mara de Paula e Hilda de Paula. O casal mora no bairro Campos de São José, na região leste da cidade.

A manifestação é aberta ao público e contará com a presença de três grupos de Folias de Reis: Esplendor do Oriente, Estrela de Belém (São José dos Campos) e Filhos do Oriente (Jacareí). Na mesma data será comemorado os 30 anos de criação do Museu do Folclore, 20 deles funcionando no Parque da Cidade.

O presépio poderá ser visitado de terça a sexta e feriados, das 9h às 17h, e aos sábados e domingos, das 14h às 17h. Seu fechamento e encerramento do Ciclo de Natal acontecerão no dia 28 de janeiro de 2018, quando novos grupos de Folias de Reis se reunirão no Museu do Folclore para a XXI Chegada das Bandeiras.

Significado e desafio

Ivone monta presépios em sua casa há 10 anos e desde pequena tinha essa vontade, pois sempre apreciou os que a comadre da sua mãe montava. “Minha mãe não montava, mas todo ano visitávamos o presépio da sua comadre e apesar de eu achar bonito, só comecei a entender o seu significado a partir dos 15 anos de idade”, destaca.

Para Ivone, que é católica e tem seis filhos, o presépio significa renovação, esperança de um novo tempo, de renascimento de Jesus na vida das pessoas. “Ter um presépio em casa é sinal de fé e esperança. Ele nos fortalece e nos faz acreditar em dias melhores”, ressalta.

Hoje, seus presépios podem ser vistos por vizinhos e pessoas que passam em frente à sua casa. Ela conta que já tinha ouvido falar sobre o presépio do Museu do Folclore, mas nunca o visitou. E agora vai montá-lo pela primeira vez.

“É um desafio e uma grande responsabilidade montar o presépio do Museu do Folclore e espero passar às pessoas o mesmo sentimento que tenho em relação ao que monto na minha casa. Estou muito feliz por isso”, diz esperançosa. O presépio montado por Ivone tem papel que imita pedra, tecido, serragem e figuras do acervo do Museu do Folclore.

Museu do Folclore de SJC

Av. Olivo Gomes, 100 – Parque da Cidade – Santana

(12) 3924-7318

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *