Sem categoria

A biblioteca do Museu do Folclore de São José dos Campos, denominada ‘Maria Amália Corrêa Giffoni, passou a ser uma das mais de quatro mil bibliotecas certificadas pelo Conselho Regional de Biblioteconomia (CRB) da 8ª região (São Paulo), a partir deste mês. Especializada em folclore e cultura popular, a biblioteca é mantida pelo Centro de Estudos da Cultura Popular (CECP) e Fundação Cultural Cassiano Ricardo (FCCR).

 

Com a certificação, a biblioteca vê reforçada sua importância para o meio acadêmico local e regional, principalmente como fonte de pesquisa, em razão da sua especialidade e por estar ligada diretamente a um museu da mesma área de atuação. “O fato de a biblioteca do Museu do Folclore estar cadastrada no CRB dá a ela um status mais profissional”, destaca Cíntia Cássia Soares, bibliotecária responsável na unidade.

 

O registro da biblioteca junto ao CRB também atende a um aspecto legal, de acordo com a sua Comissão de Fiscalização Profissional. O artigo 29 da Lei Federal 9674/98 dispõe que o exercício da função de bibliotecário é privativo de profissionais formados e inscritos no conselho regional da respectiva jurisdição. O CRB da 8ª região integra o Conselho Federal de Biblioteconomia (CFB), que agrega 14 conselhos regionais.

 

Modernização

 

Mobiliário da biblioteca será modernizado

A biblioteca também passará por uma modernização do seu acervo, do mobiliário e da sua estrutura de informática, com recursos da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo Estadual, por meio do Programa de Ação Cultural (Proac). “Entre outras ações, serão adquiridos novos livros e 93 vídeos de registros de manifestações folclóricas serão editados para posterior divulgação na internet”, explica Cíntia Soares.

 

O acervo da biblioteca conta, hoje, com mais de dois mil livros especializados, hemeroteca, CDs e discos em vinil de ritmos populares, periódicos e vídeos de manifestações folclóricas da região. Entre seus títulos é possível encontrar todas as 25 edições da Coleção Cadernos de Folclore, publicação conjunta do CECP e Fundação Cultural para divulgação de pesquisas na área da cultura popular.

 

“O projeto aprovado junto à Secretaria de Cultura ainda prevê a implantação de audioguias (em português, inglês e espanhol) e vídeo narrado em Libras sobra a exposição de longa duração do museu, visando facilitar o atendimento de pessoas com deficiência auditiva e visual”, explica a gestora do museu, Francine Maia.

 

(*) A biblioteca do museu está fechada por tempo indeterminado, em razão da pandemia da Covid19.

 

Museu do Folclore de SJC

Av. Olivo Gomes, 100 – Santana (Parque da Cidade)

(12) 3924-7318 – www.museudofolclore.org

2 comentários para “Conselho Regional de Biblioteconomia certifica biblioteca do Museu do Folclore”

  1. Ana Lucia das Neves Ribeiro

    Boa noite.

    Me chamo Ana. Estou cursando o último ano de Biblioteconomia na Claretiano, e estou precisando urgente de 300 horas de estágio obrigatório (não remunerado) em Práticas Biblioteconômicas.
    Gostaria de entrar em contato com a Bibliotecária Cíntia, para melhor explicar o pleito.
    Meu whatsapp é 12 997294167.

    Aguardo retorno ansiosamente.

    Obrigada.

    Responder
    • Avelino Israel

      Boa noite Ana Lúcia. Em razão da pandemia, o Museu do Folclore está fechado para atividades externas, mas vou passar o seu celular para que a Cíntia faça contato com você.

      Avelino Israel – Assessoria de Imprensa

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *